"A história é a filosofia inspirada nos exemplos."
Dionísio de Halicarnasso

domingo, 5 de março de 2017

Relíquias de Frei Ângelo - 1950

Relíquias de Frei Ângelo recolhidas na ocasião do traslado dos seus restos mortais para o Santuário de Nossa Senhora dos Anjos, em 1950.

Imagens do cômodo onde ficavam abrigadas as relíquias do antigo Museu de Itambacuri, criado e conservado por Frei Agostinho, até onde ele teve condições. Leia mais sobre o Frei clicando neste link: Frei Agostinho.

Hoje, algumas das peças encontram-se na Casa de Cultura da cidade. Porém a Igreja manteve artigos de maior interesse histórico-religioso. Cabe o registro e o desabafo: muitas peças de valor histórico "se perderam" na mudança do Museu para a Casa de Cultura. Não se sabe em qual etapa do processo.



Notícia - Jornal O Pojichá

Notícia do segundo número do jornal O Pojichá, publicada no dia 13 de abril de 1989 (aniversário da cidade) sobre visita do governador a Itambacuri. À época, o campo de aviação ainda estava ativo, de acordo com o contexto da notícia.

Saiba mais sobre o campo de aviação de Itambacuri em outro artigo da Itypédia!
Link: Campo de Aviação de Itambacuri -1973




Enchente de 1979

A maior enchente da história de Itambacuri (até o momento, pelo menos) foi agravada pelo rompimento da maior barragem da cidade. A situação só não foi pior porque a "primeira barragem", um reservatório menor, ajudou a segurar a força das águas.

Seguem imagens copiadas (escaneadas) de acervos de cidadãos itambacurienses.

Primeira barragem com grande fluxo de água, após o rompimento da segunda.
Situação da segunda barragem após o rompimento.
Foto da segunda barragem por volta do ano 2000.

Rua alagada (creio que seja a Av. Vital Salvino). Ao fundo, repare a situação da cachoeira.

Final da rua Prof. Mendonça.

Cruzamento da Rua Prof. Mendonça com rua Teófilo Otoni.

Rua Prof. Mendonça.
Estação de Tratamento de Água (caixa d'água) do SAAE.

Tubulação que levava água da barragem para a Estação de Tratamento.



Barragem antiga (segunda barragem) - barragem atual

Ela foi, por algum tempo, a principal barragem da cidade. Porém, por motivos cujas explicações não convencem, ela se rompeu e provocou a maior enchente da história de Itambacuri. 

Alguns dizem que se não fosse pela barragem pequena, posterior à maior, a tragédia teria sido ainda pior - pois a barragem pequena ajudou a conter a fúria das águas da barragem rompida.

Link para vídeo de Antonio Jorge de Lima Gomes, sobre problemas na construção da barragem: Problemas na construção da barragem.


Observação: não encontramos documentação oficial sobre a construção da barragem. Caso alguém tenha, por favor, compartilhe conosco!

Barragem menor - situação

A barragem menor armazena uma quantidade de água que já não atende à cidade de Itambacuri. Depois de sucessivos anos de seca (pouca chuva) e racionamentos de água, há uma iniciativa de construção de um novo reservatório. 

Porém, uma questão puxa a outra: não adianta apenas aumentar a capacidade de armazenamento, sem aumentar a capacidade de tratamento da água para consumo - o que culminaria da ampliação da Estação de Tratamento do SAAE (conhecida como "caixa d'água").







Também de nada adianta aumentar o volume para guardar um fluxo de água cada vez menor. É preciso que haja ações voltadas para a preservação ambiental, permitindo que o Rio Poquim, que abastece o sistema, se recupere de toda a degradação sofrida ao longo dos anos. Que a cidade e seus governantes tenham aprendido algo com estas passagens ruins e que isso reviva o espírito de melhoria da vida em comunidade. É isso que desejam os verdadeiros filhos de Itambacuri.

Link para vídeo de Antonio Jorge de Lima Gomes sobre local para construção de nova barragem: construção da nova barragem.

*Créditos a Antonio Jorge de Lima Gomes pelos vídeos e pelas explicações técnicas.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Construção do Ginásio Pio XII

Fotos do Acervo Público Municipal - conservadas por Hélio Veiga.

Construção do Ginásio Pio XII, que depois se tornou a Escola Estadual Professor José Vicente de Mendonça, onde hoje (2016) ainda funciona a Escola Cooperativa CEPI.








Frei Agatângelo.

Reza de Caboclo - FICAN 2011

E por que não? É minha história e história dos Festivais da Canção de Itambacuri, então faz sentido o registro aqui. Este foi em 2011, organizado pelo Movimento Cultural Jovem de Itambacuri - MOCUJOI (estou devendo um texto sobre o Movimento). A música foi vencedora do festival Canta Cidade (regional) e conquistou o segundo lugar no FICAN (nacional).




Reza de Caboclo - Thiago Marques

O caboclo seguia esmorecido 
Pobre homem descrente de tudo
Sozinho na lavra, louvado seja
A mão calejada do esforço absurdo 
O chão não dá mais nem pedra, nem planta
Nesse julho seco é ainda pior
O riacho parece uma trilha de espinhos
A criação de tão magra faz dó

O sol castiga a moleira do pobre
Que cai de joelhos sem o que dizer
O nó na garganta é pior do que fome
  A prece sai muda pro santo entender

Refrão - O caboclo reza com fé
Reza com fé o caboclo
Que a fé vai tirar o sufoco
E a penumbra nunca vai voltar

Caboclo é da cor do cobre
De barro, terra, poeira e suor
Na luz alaranjada da tarde que morre
Fogo de lamparina é fumaça e pó

As sombras assuntam o começo do sono
No descanso inquieto, a revelação
Uma mulher dizia para ter esperança
O sonho nascia como oração

Refrão

Na novena caboclo virou romeiro
Que segue descalço a procissão
Que tira o chapéu e coloca no peito
Tem rosário e vela pingando na mão

No 2 de agosto o momento sagrado
Fogos brilhantes clareavam o céu
Reconhece a Senhora do sonho nas nuvens
Pelo azul do manto e o branco do véu

E o caboclo chora
Chora e olha pro andor
Agradece ao nosso Senhor
E à Senhora dos Anjos no Altar

E o caboclo ora
Ora e sente a vida
Que ressurge depois das feridas
Esperança não há de faltar

Porque o caboclo reza com fé
Reza com fé o caboclo
Que a fé vai tirar o sufoco
E a penumbra nunca vai voltar

Quem foi que disse
Que a fé do caboclo é crendice
Que reza devota é mesmice
Não tem fé ou não sabe rezar
Pois o caboclo reza com fé

Apresentação no FICAN
Apresentação no Canta Cidade